Homem encontrado dentro de caixa d’água gravou vídeo antes de morrer

Homem encontrado dentro de caixa d’água gravou vídeo antes de morrer

Segundo uma familiar, ele já realizava reparos na unidade há alguns meses e era dono da empresa que prestava serviços para a escola.

O homem de 44 anos que morreu após cair dentro da caixa d’água de uma escola municipal de Itanhaém, no litoral de São Paulo, havia gravado um vídeo, antes de morrer, mostrando que utilizava equipamentos de segurança enquanto realizava serviços na unidade. As imagens foram registradas no local do acidente e, de acordo com a Polícia Militar, o funcionário fazia a manutenção da caixa d’água.

“O acidente de trabalho com certeza foi uma fatalidade, porque ele sempre foi muito cuidadoso com relação ao uso de equipamentos de segurança”, afirmou uma prima da vítima, Andrea Pereira. O trabalhador foi identificado como Sergio Araujo Ruas, conforme confirmado pela Polícia Civil.

De acordo com ela, Sergio já realizava trabalhos na escola há alguns meses. “Além disso, ele já trabalhava há muito tempo com isso, tinha experiência. O amor e o carinho que tinha por ele era muito grande. Não dá para acreditar, está doendo muito”, desabafou.

Segundo ela relata, toda a família foi surpreendida com o acontecido. O velório do trabalhador ocorrerá na manhã desta quarta-feira (22). Nas redes sociais, a filha dele chegou a desabafar e dizer que ainda não consegue acreditar no que aconteceu.

Relembre o caso

O caso aconteceu na noite da última segunda-feira (20) na Escola Municipal Harry Forssell, localizada na Rua Emídio de Souza, no Jardim Oásis. Segundo a PM, o policiamento foi acionado por um caseiro da escola que notou o desaparecimento do funcionário.

Ao chegar no local, a equipe da PM passou a realizar buscas pelo funcionário. Ele foi encontrado com ferimentos na cabeça no interior da caixa d’água, onde realizava os trabalhos de reparo. Segundo o policiamento, o corpo foi retirado pelos bombeiros e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi apresentado na Delegacia Seccional de Itanhaém, onde será investigado como morte suspeita. A Polícia Civil também solicitou a perícia no local e os exames necroscópico e toxicológico da vítima.

Por meio de nota, a Prefeitura de Itanhaém lamenta o ocorrido e esclarece que o funcionário pertence a uma empresa contratada pela Administração para realização do serviço. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito no local às 19h52.

 

Fonte: Pragas & Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *